sábado, 10 de novembro de 2012

Canção de Itamaracá- Pe Antônio Alves

Olá querido leitor.
Hoje trago para vocês um poema muito bonito, enviado por um colega que também ama a nossa ilha. Viu essa mensagem num livro de história e achou que seria interessante postar aqui. Vale a pena ler e compartilhar!




ESTA ILHA TEM HISTÓRIAS
TÃO LINDAS DE SE CONTAR
É TERRA CHEIA DE GLÓRIA
É POEMA VERDE DO MAR

DAS SUAS MANGAS SE DIZ
NASCERAM TODAS DO AMOR
ALGUÉM QUE FOI INFELIZ
FOI QUEM LHES DEU O SABOR

TAMBÉM SE DIZ QUE PARTIRAM
TRÊS JANGADAS PRO MAR
NO HORIZONTE ELES SUMIRAM
E NÃO VOLTARAM PRO LAR

E A ILHA FICOU MOLHADA
DAS LÁGRIMAS DOS SEUS AMORES
SOB A LUZ DA MADRUGADA
BROTARAM FRUTOS E FLORES
EU NAMORO A BRANCA VELA
DA JANGADINHA A VAGAR
QUERO IR VER SEMPRE BELA
NOS BRAÇOS VERDES DO MAR

EU QUERO TE VER SORRINDO
CHEIO DE ENCANTO, DE AMOR
AOS AMIGOS QUE VEM VINDO
AO TEU BEIJO ENCANTADOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário